Tocantins ferido - Giano Guimarães

Tocantins ferido

Não chores Rio Tocantins
Tua mãe virá encher o teu leito
A natureza que é bondosa
Bem diferente do homem imperfeito
Te curará ainda mais uma vez
E jogará muita água em teu peito

Mas a mãe deste mundo avisa:
Homem, não abuse do desrespeito
Um dia não mandarei mais a brisa
Nem a chuva, e tu sentirás o efeito
De minha fúria que hoje ignoras
Pois vives a destruir o que é perfeito

Aqueles que massacram o rio
Com os muros que aprisionam a água
Que deixam a cada dia o leito vazio
Que enchem os atingidos de mágoa
Que enganam de uma forma sutil
Serão cobrados por cada gota d'água

Giano Guimarães




Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário