Sim, eu sou é do Norte! - Ceila Menezes

Sim, eu sou é do Norte!

Pra você que fica ai todo cheio de prosa,
Falando das bandas de cá,
Dizendo que aqui só tem índio,
Fazendo pouco da gente,
Cheio de bá blá blá,
Senta aqui meu fio,
Uma história vou lhe contar: Sim, eu sou do Norte!
Lugar de gente de porte.
Do Brasil, a maior região.
Cabra,
Preste muita atenção:
Antes de falar mal da gente,
E desmerecer nossa região,
Tome conhecimento,
Pra falar com precisão.
Composta por sete Estados:
Região da Amazônia
Ficou denominada,
Acre, Amapá,
Amazonas, Pará,
Rondônia,
Roraima e Tocantins,
Uma das regiões, Mais rica do Brasil!
Se você ainda dúvida,
Preste atenção:
Aqui temos grande variação,
Ecológica, econômica,
Turística e cultural.
Uma das nossas grandes riquezas,
A Amazônia legal,
Nossa fauna,
Nossa flora,
Nossos mananciais,
Foi aqui que começou a produção de látex,
Os primeiros seringais.
Sem falar nos produtos que você utiliza,
Extraídos de nossas matas,
E dos nossos vegetais.
Outra coisa importante,
Que talvez você não saiba,
É que aqui no Norte,
Temos o maior e o menor Rio do mundo,
O maior projeto de irrigação,
E a ilha do Bananal,
Também a maior do mundo,
Na categoria fluvial.
Serra dos Carajás,
Uma das maiores jazidas de minerais.
Sem falar no açaí,
Na castanha do Pará,
No creme de cupuaçu,
Que você consome
Sem nem saber de onde vem,
Mas não se acanhe,
Eu lhe digo:
Isso é daqui também!
Ah,
Já ia me esquecendo,
É tanta riqueza que nós temos por aqui:
Jatobá,
Gueiroba,
Mangaba,
Pequi,
Buriti.
Deus é tão bondoso,
Que nosso cerrado criou um parque,
Com dunas de areia,
Tem lindas cachoeiras,
Jalapão foi chamado.
E ainda tem mais:
Monte Roraima,
Serra do Navio,
Serra do Divisor,
Praia do Tupé,
Praia da Tartaruga,
Alter do Chão,
Cachoeiras do Teotônio,
Santo Antônio e São Sebastião.
Mercado Ver-o-peso.
Encontro das águas,
Ilha de Marajó,
Teatro Amazonas,
Praia da Ponta Negra,
Pico da Neblina,
Rio Araguaia,
Tapajós,
Xingu,
Tocantins,
Rio Azuis,
Rio Negro,
Solimões,
As Cachoeiras de Taquraruçu.
Se o assunto for crença popular,
Olha só o que a gente encontra por aqui:
Círio em Belém,
Festa do Divino em Rondonia,
Jerusalém da Amazônia.
Folia de Reis,
Cavalhada em Taguatinga,
Congo e congada
Boi Bumbá
Bumbá meu boi
Maracatu,
Carimbó,
E o Festival de Parintins.
É muita riqueza meu amigo,
Nessa terra de caboclo,
O maior garimpo de céu aberto
Também foi aqui explorado,
A velha Serra Pelada,
Que ainda existe nestes lados.
Outro tipo de ouro aqui foi encontrado,
É só aqui,
No Norte do Brasil,
Onde você encontra
O famoso Capim Dourado.
É meu amigo,
Poderia até continuar falando,
Nem falei das nossas comidas,
Dos pratos típicos que aqui têm,
Mas pensando bem,
É melhor colocar um fim nessa prosa,
Se não você vai continuar
Ai meio abismado,
De tanto ouvir falar,
Das belezas,
Das grandezas,
Das riquezas,
Destes lados.
Mas de uma coisa tenho certeza:
Você aprendeu um bucado.
E da próxima vez,
Que pensar em falar mal,
Da nossa região
Preste atenção,
Tenha cuidado,
E não se faça de abestado,
Pois agora você já sabe:
O Norte do Brasil,
É um lugar retado,
De um valor inestimável.
Oia,
Já ia me esquecendo:
Aqui tem índios sim!
E pode ter certeza,
Esta é mais uma das riquezas
Que temos por estes lados!

Ceila Menezes


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário