Anairam - Rodrigo Martins

Anairam

Anairam do sorriso belo e um jeito encantador.
Transmite meiguice ao passar, tu és a mais bela flor.
Seu olhar é um mistério mas eu quero desvendar.
Não importe o tempo que leve...
Desde que me leve a te encontrar.
Mulher pura e graciosa, como pude aguentar?
Passar todos esses anos sem ao menos uma vez te tocar.
Não troco todos meus sonhos pois eles não posso deixar.
Mas troco todos os outros sorrisos, se for para ao seu lado ficar!
Me encanta o paraíso e com ele já posso sonhar.
Deito me em seu colo durante uma tarde na sombra ou de noite a luz do luar.
Com essa blusa vermelha, como pôde adivinhar?
É minha cor favorita somada ao brilho desse seu olhar.
Talvez amanhã não se lembre das coisas que eu venha a falar
Palavras são folhas ao vento prontas para se deixar levar.
Por isso em silêncio te olho, te guardando onde ninguém vai tirar.
Te levarei em meus pensamentos
Para assim a cada instante do seu belo sorriso lembrar.

Rodrigo Martins



 

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário