Renúncia - Hanguima Tchilongo

Renúncia

Renuncio a minha ingénua
Confidência a ti
aparente semelhança
Devolva-me o sorriso que te dei
Em troca das chagas
Quais envolves
minha nobreza
Existencial, una dignidade
Enterrada em actos
Iníquos onde me coages
Coexistem santidade e impureza
Ex templo espiritual
Agasalho-me a indecência
Por concupiscência
Minha honra virtual
Pro qual, sacrifiquei
meus prazeres intemporal
reputação, valorização
nesta ignorância encarnei
abordo, em direcção
ao destino menos esperado
descrédito e falsidade

Hanguima Tchilongo 



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário