Os muros - Jacinta Passos

Os muros
Minha cidade tem muros
de pedra, cimento e cal
tem muros que são tribunas,
painéis, cartilha e coral.

Quem de noite faz as letras
que aparecem de manhã?
Será a mão do poeta
ou a mão da tecelã?

Viva Luiz Carlos Prestes!
O petróleo é nosso!
Fora com os americanos!

A polícia apaga e as letras
aparecem de manhã.
Será a mão do poeta
ou a mão da tecelã?

Minha cidade tem muros
brancos, cinzentos, de cores,
riscos de piche e carvão,
ó, pintores, vinde ver!

Vinde ler a história escrita
nos muros, cada manhã.
Será a mão do poeta
ou a mão da tecelã?

Jacinta Passos



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário