Elisée Reclus - Contra capa de A conquista do pão de Kropotkin

O título da obra: A Conquista do Pão deve, é claro, ser tomado em um sentido mais amplo, porque "nem só de pão vive o homem". Em uma época em que os espíritos generosos e arrojados tentam transforma o seu ideal de justiça social em ralidade objetiva, as nossas ambições não se limitam à conquista do pão, vinho e o sal. - Queremos conquistar tudo o que é necessário à vida humana e até mesmo a utilidade que forma o conforto da existência; queremos a faculdade de poder assegurar a todos os homens a plena satisfação das suas necessidades e dos seus gozos. Enquanto não fizermos esta primeira "conquista", enquanto na Terra "houver pobres", é um gracejo de mau gosto, é uma ironia cruel dar o nome de "sociedade" a este conjunto de seres humanos que se odeiam e se despedaçam como feras encerradas em uma arena.

Elisée Reclus - geógrafo e anarquista francês. Amigo do também Geógrafo e anarquista Piotr Kropotkin.

KROPOTKIN, Piotr Alexeyevich, 1842-1921. A Conquista do Pão; Tradução Cesar Falcão - Rio de Janeiro: Achiamé, 2011.



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário