Jesus não era intolerante, assim como verdadeiros cristãos não são

Jesus não era intolerante, assim como os verdadeiros cristãos não são


É cada dia mais visível o crescimento da intolerância nos mais diversos seguimentos da sociedade. Muitas vezes essa intolerância tem aparecido travestida da moral religiosa, muitos usam seus dogmas para justificar posições que estimulam o preconceito ao outro e ao seu modo vida. O conceito de estado laico, e a clara referencia da constituição federal à direitos iguais para todos, parece não ter sido absorvida por muitos, que ao invés de seguirem rumo ao fortalecimento da democracia e da harmonia para boa convivência de todos, teimam em querer impor seu modo de vida e de visão de mundo em detrimento da liberdade geral.

O Brasil é reconhecidamente um país cristão, onde a maioria da população (64%) se declara católica e outra parte (22%) se declara evangélica, segundo o censo do IBGE de 2010. A religião é um fenômeno que faz parte de nossa cultura e deve ser respeitada, de modo que também é garantida de ser livremente professada de acordo com nossa constituição. 

A figura de Jesus é o centro da fé cristã, e seus exemplos, filosofia de vida e comportamento tem influenciado moralmente nossa sociedade há séculos. Em sua vida e doutrina encontradas nos evangelhos, é notório que sua pregação enfatiza a benevolência, a mansidão, a caridade, a tolerância, o amor, a harmonia e fraternidade entre as pessoas.

Jesus não veio impor sua doutrina à força, diferente do que parece ser a intenção de muitos religiosos hoje em dia, como fizeram os católicos na idade média, principalmente nos países colonizados, e como fazem os fundamentalistas de todas as religiões nos dias de hoje mundo a fora. Jesus parece ter vindo trazer seus ensinamentos para aqueles que os querem, facultando às pessoas, liberdade em aceitar ou não suas palavras e fé. Tão pouco é possível dizer qual dentre as inúmeras doutrinas cristãs baseadas no evangelho é a detentora da verdade ou da genuína interpretação bíblica, como muitas denominações assim a reivindicam.

Jesus tem sido vendido como um objeto nos dias de hoje, e isso, dentro de muitas denominações religiosas. A essência de sua mensagem tem sido deturpada, e muitos tem sido devorados pelo evangelho da mesquinhez, que prega a prosperidade material em primeiro lugar, ou em único lugar. Outras pessoas Muitas vezes são enganadas, vítimas de sua fragilidade espiritual e emocional, e se deixam levar por mentiras grotescas.

É extremamente contraditório falar em nome de Cristo, e pregar com ênfase, sobretudo a prosperidade material, esquecendo-se dos principais preceitos de sua mensagem. Mensagem essa que enfatiza justamente o contrário, quando Jesus deixa claro, que a simplicidade, humildade, caridade e espiritualidade devem estar em primeiro plano.

Intolerância religiosa, política, de gênero e étnica são os exemplos mais típicos cometidos principalmente nas redes sociais. A leviandade e superficialidade de comentários e artigos que circulam na internet, demonstram em muitos casos o claro intuito de causar a discórdia e promover o fundamentalismo. Como é possível, após terríveis episódios históricos como a segunda guerra mundial, onde se pôde ver os horrores causados pelo ódio e intolerância à outros grupos étnicos e religiosos, as pessoas serem capazes de reproduzir um cenário cada vez mais semelhante?

Para quem conhece as palavras de Jesus e a essência de sua mensagem, que como já disse são calcadas na bondade, caridade, humildade, simplicidade, paz, harmonia e serenidade, é fácil entender que o discurso do ódio e intolerância manifesto por muitos religiosos e por muitos que se dizem cristãos, é uma falácia e uma grande fraude diante da benevolência encontrada no evangelho.

Jesus era um pacifista e dizia que deveríamos imitá-lo. Onde está a humildade, a simplicidade, a benevolência e tolerância daqueles que bradam odiosos uns contras os outros, e ainda se dizem cristãos?! O que vemos é a arrogância, prepotência, demagogia, hipocrisia, vaidade e ganância vindas de sujeitos que certamente seriam duramente repreendidos por Cristo.

Jesus não negou ajuda ao leproso, nem discriminou a prostituta, ele perdoou o ladrão que estava ao seu lado na cruz, sentou-se junto com os mais variados tipos pessoas, sem se importar se eram brancas, pretas, saudáveis, doentes, feias, bonitas, pobres ou ricas, para lhes dizer muitas coisas boas, inclusive que deveríamos amar o próximo como a nós mesmos. Existe maior atitude de tolerância que essa?

Para nós o que resta, é sermos tolerantes com os intolerantes. E esperar que o cristianismo não retroceda aos horrores da idade média.

Abaixo estão algumas das palavras de Jesus, esquecidas por muitos daqueles que se dizem cristãos, e que contrariando a mensagem de seu maior líder, manifestam seu ódio e intolerância gratuitamente contra seu semelhante.

“Não julgueis para que não sejais julgados.”

“Aquele que não tem pecado, que atire a primeira pedra.”

“Ama o teu próximo como a ti mesmo.”

“Amai-vos uns aos outros como eu vos amei.”

“Ame seus inimigos, faça o bem para aqueles que te odeiam, abençoe aqueles que te amaldiçoam, reze por aqueles que te maltratam.” 

“Se alguém te bater no rosto, ofereça a outra face.”

“Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.”

“Não faça aos outros o que não quer que façam contigo.”

"Bem-aventurados os Pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus. Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra."

“Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;”

“Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.”

“Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?”

“Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.”

“Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.”

“Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no reino dos céus. "

“Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos”

Giano Guimarães
www.poemasefrases.com.br


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário