1ª Cantiga de acordar mulher - Geir Campos (Poema-poesia)

1ª Cantiga de acordar mulher

Vagueio além de seu sono
com alma de marinheiro
feliz de chegar a um ponto
sem previsão de roteiro,
mais tonto de o descobrir
que de lhe ser estrangeiro.
Teu continente a dormir
— pouso de barco ligeiro —
pára os relógios num tempo
avesso a qualquer ponteiro:
nem sei se o fico vivendo
ou se te acordo primeiro.

Geir Campos


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário