Paul Celan - Cristal

CRISTAL

Não procura nos meus lábios tua boca,
não diante da porta o forasteiro,
não no olho a lágrima.

Sete noites acima caminha o vermelho ao vermelho,
sete corações abaixo bate a mão à porta,
sete rosas mais tarde rumoreja a fonte.

Paul Celan
( tradução: Claudia Cavalcanti )

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário