O Natal de hoje (Mensagem de natal)


O Natal de hoje

Natal, a época das contradições ao extremo, a época do ano onde as desigualdades se acentuam. Dias em que o pobre vê na tv o rico com a mesa farta e a sala cheia de presentes, tudo reflexo da realidade (O pobre vendo a riquesa apenas pela TV). Esta é a época do consumismo desenfreado, onde todos compram, o rico e o pobre,
só que obviamente, o rico bem mais, e compra tudo o que o pobre não pode, e nem sonha poder comprar. A ideia de um natal de compras é vendida a cada instante na tv, no rádio, na internet, nas ruas e em toda parte, a ideia de uma mesa farta e de presentes caros, tudo isso acontece enquanto a maioria das pessoas não tem o mínimo para uma vida digna, além de muitos que tem passado até fome. Nas ruas as pessoas vem e vão com as sacolas cheias, outras nem tanto, outras sem sacolas, muitas nem vão as comprar, não porque não querem, mas por não terem dinheiro. O fato é que todos querem consumir. E fico pensando, quantos como eu ao andar pelas ruas nesta época do ano pensam em tudo isso? E o por que de tudo isso, será que o natal deveria ser assim mesmo? O engraçado é que a lógica de tudo isso é mais absurda ainda, pois ao mesmo tempo que as desigualdades são mais visíveis, nessa época elas também aumentam, porque quanto mais compramos mais aumentamos a fortuna dos ricos e ficamos mais pobres, e muitas vezes até endividados. E ainda existe um outro fato interessante, o de que apenas nessa época as pessoas pensam em dividir e compartilhar sua renda, se isso fosse pensado de uma forma mais racional, social e humana por nós e pelas grandes empresas, talvez tivéssemos menos desigualdades, se as grandes empresas pensassem em dividir apenas um pouco do seu lucro durante o ano com seus funcionários, teríamos outra realidade, mas claro que papai noel não existe, e tudo isso vai contra a lógica capitalista que é a de lucrar e lucrar, acumular e acumular, explorar e explorar. É muito bom dar e receber presentes, e é melhor ainda ter uma mesa farta, mas a questão é que o natal não deve se resumir a isso, diante de tudo isso é importante que façamos uma reflexão sobre o natal de hoje que está bem distante de seu verdadeiro sentido.

Desejo a todos um natal cheio de harmonia, paz de espírito e fraternidade,

Um grande abraço

por : www.poemasefrases.com.br


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário