Menina - Poema de Joaquim Cardoso

Menina
Os teus olhos de água,
Olhos frios e longos,
Esta noite penetraram.
Esta noite me envolveram.

Bem querida madrugada...

Olhos de sombra, olhos de tarde
Trazem miragens de meninas...
Bundas que parecem rosas.

Sob o caminho de muitas luas
O teu corpo floresceu.

Joaquim Cardoso



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário