Haikais de Abel Pereira

Bucolismo

Canção matinal.
Campinas. Vacas turinas.
Cheiro de curral.

Norte Verdadeiro

Traço o rumo à frente
de alguém que me segue bem
paralelamente.

A Moenda

Na dureza insana,
girando, range esmagando
toda a alma da cana.

Abel Pereira

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário