Boris Pasternak - O Dom da Poesia -

O Dom da Poesia

Deixa a palavra escorregar,
Como um jardim o âmbar e a cidra,
Magnânimo e distraído,
Devagar, devagar, devagar.

Boris Pasternak 
Tradução de Augusto de Campos



Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário