Poema de Millôr Fernandes

Poeminha de Homenagem à Preguiça Universal

Que nada é impossível 

não é verdade; 
todo o mundo faz nada 
com facilidade 

Millôr Fernandes

Comente com o Facebook: