Só tu - Paulo Setúbal

Só tu

Dos lábios que me beijaram,
Dos braços que me abraçaram,
Já não me lembro, nem sei...
São tantas as que me amaram!
São tantas as que eu amei!

Mas tu - que rude contraste!
— Tu, que jamais me beijaste,
Tu, que jamais abracei,
Só tu, nestalma, ficaste,
De todas as que eu amei

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Como gostaria de conhecer alguém tão sensível que dedicasse essa poesia para mim eu amo demais!!!

    ResponderExcluir